quinta-feira, 7 de abril de 2011

De quem é a responsabilidade?

Quem viu as notícias hoje, com certeza está a par do que aconteceu numa escola pública de Realengo, no Rio de Janeiro. Um ex aluno da escola matou 11 crianças entre 12 a 14 anos e deixou muitos feridos. (ver a notícia aqui) O Brasil todo está chocado e revoltado. Inclusive vi no orkut uma comunidade chamada "vai arder no inferno" com uma foto do assassino. Todos se revoltam contra o assassino, contra a escola que deixou um estranho entrar sem checar nada, contra o governo pelo descaso com as escolas públicas, e por aí vai... Nessas horas todo mundo é culpado, menos quem fala. Facilmente encontramos culpado para tudo. Mas depois de alguns dias acontece alguma catástrofe em algum lugar, começa um novo BBB ou uma nova novela e toda essa tragédia cai no esquecimento.
Olhando as atualizações no facebook, vi que tinha muitos comentários de tristeza e choque, luto e etc. Mas um comentário me chamou a atenção. Dizia assim:"Além de chorar, Orar, se Indignar, Lamentar, etc...com toda essa situação no Rio, será que não tem outra coisa que podemos fazer para mudar essa situação!" Será que tem algo mais que podemos fazer?
Eu creio que sim. Em primeiro lugar, poderíamos parar de ficar culpando os outros e descobrir qual é a nossa parcela de culpa nessa história. Temos sido cidadãos exemplares? Temos nos envolvido nas questões sociais, visando ajudar na melhoria da nossa cidade, estado e nação? Temos formado bons cidadãos? Precisamos tomar a responsabilidade para nós. Assumir essa briga como se fosse nossa, particularmente (e eu acho que é mesmo!) De outra forma, ficamos jogando a responsabilidade para seres inanimados que nomeamos de "Eles", "O Governo", "O Estado", "A Polícia" e etc... A responsabilidade é nossa!!!
Algo que eu sempre digo e acredito ser uma verdade é: Seja a mudança que você quer ver! A mudança começa por nós. Vamos viver aquilo que pregamos. Tem um videozinho bem legal que se chama:"De quem é a  responsabilidade" que fala bem sobre isso. Assista logo abaixo, no final do post.
Sinto muito elas famílias que perderam seus filhos queridos e sinto muito pelo nosso país vivenciando uma tragédia dessa. Mas sabe o que vou fazer? Primeiramente farei uma oração por toda essa situação, pedindo para Deus trazer a Sua paz ao coração dos Seus filhos que sofrem nesse momento e pela proteção das crianças. Em segundo lugar, tentarei ser a melhor cidadã possível. Tentarei o meu melhor para formar bons cidadãos, tanto as crianças que conheço como os filhos que terei no futuro. Por enquanto é isso que está ao meu alcance fazer. E você? Qual será sua atitude?


De quem é a responsabilidade?
video



0 reações: