domingo, 27 de fevereiro de 2011

É assim que Deus os vê

É assim que Deus os vê. Não importa o que o mundo diga ou faça!






"Cuidado para não desprezarem um só destes pequeninos! Pois eu lhes digo que os anjos deles nos céus estão sempre vendo a face de meu Pai celeste."

Mateus 18:10

desabafo

Hoje de manhã estava navegando na internet, lendo as notícias, vendo o que os amigos estão fazendo nesse domingo, enfim, acabei lendo uma notícia que me deixou indignada. Com raiva mesmo! Estou descontando tudo nas teclas do meu computador...
Bem, para te atualizar no assunto, na sexta feira ficamos sabendo que o polícial suspeito de ter matado duas pessoas inocentes aqui na comunidade cometeu suicídio na cadeia onde estava preso. Ele se enforcou na pia do seu banheiro com um cordão, tipo cadarço, que estava na sua bermuda.
O enterro dele foi ontem a tarde. Ele foi enterrado sem honras militares, pois não morreu em serviço.
Você pode ler a notícia aqui, nesse link:
http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/02/27/interna_gerais,212362/colegas-de-policial-militar-morto-reafirmam-desconfianca-de-que-ele-nao-teria-se-matado.shtml?sms_ss=facebook&at_xt=4d6a42e65ae8c690%2C0

Mas o que me deixou com tanta raiva, foi que no enterro do policial, familiares dele e companheiros de trabalho começaram a hostilizar e tratar com violência a imprensa que estava lá. A razão? Bem, a razão é que a imprensa noticiou a ação da polícia na comunidade do Cafezal que resultou na morte de dois inocentes. A população se revoltou e pediu justiça, como você acompanhou aqui no meu blog.
Dá para acreditar nisso??? Quer dizer que tudo bem a polícia entrar na comunidade, matar duas pessoas trabalhadoras. Ninguém deve falar nada sobre isso? Não merece ser notícia? Afinal de contas foi apenas mais um favelado que morreu. Tem mesmo é que acabar com todos os favelados! Agora, quando um polícial morre, não importa o que ele tenha feito, aí ele é um herói??
Que ódio dessa mentalidade!!
Estou cansada de ver tanto preconceito contra as pessoas das favelas. O que é preciso acontecer para as pessoas se darem conta de que moradores de favela, na sua grande maioria, são honestas, trabalhadoras, dão um duro danado para sobreviver??? De onde vem esse preconceito idiota?? Já não basta ser pobre e levar uma vida miserável, difícil, os moradores de favela ainda têm que levar nas costas o preconceito de uma sociedade hipócrita e fingida???  Têm que viver à margem, por que dia após dia lutamos para ignorá-los??
Já disse isso antes e reafirmo: A GRANDE MAIORIA DOS MORADORES DE FAVELA NÃO SÃO BANDIDOS, SÃO PESSOAS HONESTAS, DIGNAS DE RESPEITO E ATENÇÃO.
Quando, esse país vai parar de se preocupar em ser como os Estados Unidos, e realmente voltar a sua atenção aos pobres e necessitados? Quando, esse país, vai oferecer dignidade para essas pessoas?
Brasil, para de querer ser quem você não é! Para de querer cediar copa do mundo e olimpíadas, quando você não dá conta de botar comida na mesa, educação de qualidade e saúde para seus habitantes. E não me venha com sloganzinho barato e mentiroso de que "País rico é país sem pobreza".
Eu só queria que cada brasileiro pudesse passar algumas horas dentro de um barraco em uma comunidade. A visão seria outra. Aprenderíamos a valorizar as pessoas.
Fico triste pela família desse polícial, que não pode se despedir do seu ente querido de uma forma apropriada. Teve que lidar com barracos, ameaças e ignorância. Me compadeço dessa mãe que chora a perda do seu filho de apenas 17 anos. Me compadeço desse pai, que além de perder o filho, também perdeu seu irmão (os dois rapazes que morreram eram filho e irmão de um morador da comunidade).
E se você alguma vez teve preconceito contra moradores de comunidade, te convido a se arrepender e pedir perdão a Deus. Mude sua atitude. E que amanhã você possa fazer algo para trazer dignidade, justiça e condições melhores de vida para moradores de alguma comunidade carente em algum canto do Brasil.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Kayleeana

Há algumas semanas atrás eu tive a oportunidade de fotografar a Kayleeana e seus pais. Nesse dia ela estava completando 1 aninho de vida.
Parabéns a Kayleeana e a seus pais Stacie e Sergio.
Logo abaixo segue algumas fotos que fizemos lá no parque zoológico de Belo Horizonte.
Enjoy it!




















quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Últimas notícias do Cafezal

No começo da semana escrevi sobre alguns acontecimentos na comunidade que foram notícia até em rede nacional. A situação ficou muito ruim na comunidade quando policiais atiraram contra um jovem de 17 anos e um homem de 39, resultando na morte dos dois. Os traficantes ficaram revoltados e queimaram três ônibus que faziam o atendimento à comunidade. A polícia respondeu com mais violência e foram três dias de total confusão, com várias pessoas feridas, inclusive crianças e mais alguns carros destruídos.
Agora está tudo mais calmo. O amarelinho, que é o ônibus que atende a comunidade, ainda não está funcionando, causando grande trasntorno para a população, pois a comunidade toda é feita de intermináveis morros e é muito difícil e cansativo percorrê-la a pé.
Uma coisa surpreendente é que depois de tudo, a comunidade começou a denunciar as milícias que agiam aqui. Milícias são policiais corruptos que exploram a comunidade, lucrando com o tráfico e chantageando a população. Inclusive as pessoas estão  dando o nome de cada policial que agia erradamente.
O preconceito que sempre é grande, numa hora dessas fica ainda maior. Ontem conversei com um taxista que disse que a polícia estava certa e que não tinha que passar a mão na cabeça de favelado. Um horror! E o pior é que sabemos que esse é um pensamento comum no meio das pessoas que nunca estiveram em uma comunidade. Não é verdade que só bandidos moram nas favelas! A verdade é que a maioria dos moradores de favelas são pessoas honestas que lutam diariamente para sobreviver. Pessoas trabalhadoras que têm que lutar contra o preconceito e a falta de oportunidade. E essas pessoas merecem respeito!
Agora a situação é estável e tranquila. Houve algumas manifestações pela paz e por justiça, mas todas pacíficas. Esperamos e oramos para que a paz volte a reinar aqui, e que as pessoas tenham direito a segurança e uma vida digna.

Segue logo abaixo uma entrevista com alguns traficantes daqui da comunidade.  Gostaria de poder contar com suas orações por esses meninos e por todos os jovens da comunidade do cafezal.


video

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Notícias do Cafezal

Bem, desde sexta várias coisas aconteceram aqui na comunidade. Já três ônibus foram queimados e a população promete queimar mais alguns ônibus, até que a polícia dê alguma explicação sobre a morte de um jovem de 17 anos e de um homem.
A polícia está tomando a comunidade. Hoje de manhã 80 policiais foram enviados para proteger a população. O único problema é que a população está com raiva da polícia e ataca com pedras na mão.
Poucos ônibus estão subindo a comunidade e parece que até os táxis não estão subindo. Hoje de manhã recebemos a ligação do supermercado que sempre estregou compras aqui para nós, dizendo que não subiriam o morro para entregar as compras.
As pessoas estão amendrontadas. Várias pessoas ficaram ser ir trabalhar hoje, por conta da falta de ônibus e várias crianças estão sem aula.
É a primeira vez que vejo uma situação dessas desde que sou missionária aqui. Confesso que essa situação me entristece muito, pois sei que vários inocentes estão no meio desse fogo cruzado, sofrendo as consequências.
Hoje de manhã começamos o dia em oração e cremos que Deus está no controle de toda essa situação. Também peço que vocês estejam nos ajudando em oração.
Segue abaixo alguns links de notícias e alguns vídeos para você se atualizar.
Estaremos mantendo contato através do blog e do facebook.
Abraços
Kelly


http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/02/escola-fica-fechada-apos-confronto-no-aglomerado-da-serra-em-bh.html

http://www.alterosa.com.br/html/noticia_interna,id_sessao=83&id_noticia=49405/noticia_interna.shtml





domingo, 20 de fevereiro de 2011

Helicóptero, troca de tiros e ônibus queimados

Na sexta feira a noite ouvimos um helicóptero sobrevoar a favela. Infelizmente já estamos meio que acostumados com isso. Pois creio que a maneira mais fácil da polícia vasculhar a favela é pelo ar. Ainda não sabemos exatamente o que aconteceu e qual foi o motivo da polícia passar a noite e parte da manhã sobrevoando a comunidade.
No sábado dois ônibus que atendem a comunidade foram queimados na rua por moradores. Segundo as notícias, isso foi uma retaliação pela morte de dois moradores, sendo um menor de idade, numa troca de tiros com a polícia.
No mesmo instante os ônibus que atendiam a comunidade pararam seus serviços, inclusive o amarelinho, que é o micro ônibus que percorre a favela. Ontem ouvi sobre uma mulher que fez uma cirurgia recentemente e algo deu errado e ela precisava voltar para o hospital urgentemente, mas não havia nenhum ônibus para levá-la e ela não tinha dinheiro para pagar um táxi. A mulher ficou muito nervosa e revoltada. Com razão.
Enquanto fica essa guerra entre polícia e bandidos, quem sofre é a comunidade com pessoas inocentes morrendo, passando dificuldades, sem poder nem mesmo pegar um ônibus para se locomover.
Peço a oração de vocês pela a comunidade, por justiça e pelo fim dessa guerra.

Se quiser ler algumas notícias sobre o que aconteceu, segue logo abaixo alguns links.

http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/02/segundo-onibus-e-queimado-na-regiao-centro-sul-em-belo-horizonte.html

http://www.portalrg.com.br/noticia/onda-de-protestos-bh-tem-dois-onibus-queimados-63439.html

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Seguir o Leão é a melhor opção

Olá povo! Fiquei um tempo sem passar por aqui. Acho que estava sem inspiração, ou não aconteceu nada emocionante nos últimos dias, ou foi apenas preguiça. O fato é que estou de volta.
Quero compartilhar um pouco sobre o livro que estou lendo no momento: As Crônicas de Nárnia, do C.S. Lewis. Confesso que estou amando ler um livro de crianças. É muito relaxante e estimula a criatividade.
Mas apesar das Crônicas de Nárnia ser um livro infantil tem lições tão profundas que mesmo um adulto levaria um tempo para digerir. Não é segredo nenhum que Lewis escreveu os 7 livros das Crônicas com vários princípios bíblicos, histórias similares as da bíblia e o próprio Aslam, o Leão, lembra demais o nosso querido Leão de Judá, Jesus Cristo.
Através do livro pude ver várias coisas de uma forma diferente e até mesmo minhas atitudes em relação a Deus e quem eu sou para Ele.
Já estou lendo o sexto livro, "A cadeira de Prata", mas até agora uma das coisas que mais me chamou a atenção e mais gostei foi no livro "Principe Cáspian" onde os quatro irmãos estão andando pela floresta tentando achar o caminho para encontrar o príncipe Cáspian e ajudá-lo numa batalha pelo trono de Nárnia. Numa noite enquanto todos estão dormindo Lúcia, a mais nova, acorda e vê Aslam, o Leão. Ele fala para ela que vai indicar o caminho para chegar até o destino desejado. Quando Lúcia acorda seus irmãos e relata a eles o acontecido eles não acreditam nela, pois apenas Lúcia podia ver Aslam. Nesse momento Lúcia tem que tomar uma decisão. Mesmo que seus irmãos não acreditem nela, e não queiram obeceder Aslam, ela precisa obedecê-lo e seguir sozinha o caminho pela mata.
Isso me chamou a atenção por que creio que todos passamos por isso. Quantas vezes Deus falou uma coisa somente com você e ninguém mais acreditou nisso? O que fazemos nessa hora? Obedecemos a Deus ou continuamos andando junto com a multidão?
Muitas vezes obedecer a Deus significa andar sozinho. Significa não agradar a maioria, mas apenas uma Pessoa e isso nem sempre é fácil. Mas como a bíblia fala é melhor obedecer do que sacrificar. O caminho da obediência pode não ser o mais fácil, mas definitivamente é o melhor.
Agora mesmo estou lutando com um assunto muito antigo e particular. Eu sei o que fazer para obedecer a Deus, mas é uma das decisões mais difíceis que precisarei tomar em toda a minha vida, até agora. Seguir o caminho do Leão é difícil pois requer a morte da nossa própria vontade e o enfrentamento dos nossos maiores medos. Mas no final, podemos ver que Ele nos conduziu pelo melhor caminho e andou ao nosso lado o tempo todo.
Mesmo que esse trecho do livro ficou páginas atrás, não consigo deixar de pensar na Lúcia e sua decisão. O que me encoraja e fortalece é que quando Lúcia olhava para Aslam ela sentia a coragem tomar conta dela e sentia que podia fazer o que Aslam pedia. E posso ter confiança de que toda vez que olho para o Leão, o Leão de Judá, posso não apenas ter a coragem que preciso, mas posso ter TUDO o que preciso!
Meu coração se enche de gratidão, por que posso crer que mesmo no meio de uma mata fechada, desconhecida, em plena calada da noite, assim como Lúcia posso olhar a frente e encontrar os olhos amorosos e protetores do Verdadeiro Leão.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Emily

Ontem tive o prazer de fotografar a festa de aniversário da Emily. Ela é filha de um casal JOCUMeiro, Joachim e Luciene, e completou 1 aninho de vida. Segue abaixo algumas fotos dessa princesinha. Confira!