quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Como tudo começou

Hoje é um dia especial para nós. Há 3 anos atrás, num sábado cheio de sol e um lindo céu azul, nos casávamos em uma pequena igreja no sul do Brasil. Desde então temos vivido muitas aventuras juntos. Sempre nos conhecendo melhor, rindo juntos, passando por dificuldades juntos e crescendo nessa união que desde o começo foi preparada por Deus, nosso grande "cupido"!
Para comemorar essa data tão especial para nós, decidi fazer um post contando nossa história. Espero que você goste de nos conhecer um pouquinho melhor.
O ano era de 2005 e eu estava morando na cidade de Imbituva, no interior do Paraná. Eu trabalhava numa papelaria e e fazia parte de um igreja quadrangular, um dos meus lugares favoritos e onde eu passava a maior parte das noites. Basicamente era essa minha vida: casa - trabalho- trabalho-casa- igreja- casa...
Até que um dia após chegar de trabalho, me senti tão frustrada com a vida que eu levava que em meio a lágrimas orei para Deus mudar a minha vida, pois eu queria viver aventuras e estava cansada da vida sem graça que eu levava. Na mesma semana decidi que faria um treinamento em missões, mas não sabia onde e como. Então orei mais uma vez e ouvi uma voz, uma voz de verdade, dizendo para ir para Belo Horizonte fazer ETED (escola de treinamento e discipulado). Ok, disse eu. Eu vou!
Fiz minha inscrição e logo fui aceita. Não fazia a mínima idéia de como tudo seria a partir daí, mas estava feliz por começar a vida de aventuras que tinha pedido para Deus.
E assim no dia 30 de junho de 2006 pegava um ônibus em Curitiba, rumo a Belo Horizonte. Um salto no escuro. Apartir daí tudo era desconhecido. Me despedi das minhas irmãs na rodoviária em meio a muitas lágrimas, pois era a primeira vez que nos separávamos. Passamos por muita coisa juntas desde que nossa mãe havia morrido e fomos obrigada a morar sozinhas e isso nos fez ter um relacionamento mais especial do que apenas irmãs. Ficamos unidas pelo resta da vida pelo que passamos juntas. Mas era hora de dizer adeus.
Quando entrei no ônibus encontrei um simpático rapaz, vindo de Santa Catarina, que por coincidência iria para o mesmo lugar que eu, para fazer o mesmo treinamento!! Seu nome é Fabiano. Hoje não temos mais muito contato, mas mesmo assim, temos muito carinho pro ele.
Saindo de uma temperatura de 5 graus em Curitiba e chegando numa BH de 30, esse não foi meu único choque! Uma nova vida pela frente. Tudo iria mudar em pouco tempo.
No primeiro dia de ETED, tem-se o costume de fazer um café da manhã especial para apresentar os novos alunos e para os alunos conhecerem melhor as pessoas da casa Luzeiro, com quem vão morar nos próximos 5 meses. Todos se reunem e dizem seus nomes, o que fazem, de onde vem e etc.
As apresentações estavam aocntecendo quando de repente um jovem de olhos azuis e cabelos loiros compridos se apresentou como voluntário da casa Luzeiro. Seu nome era Tijs. Nessa hora eu ouvi uma voz, de novo uma voz de verdade, dizendo:" Esse é o presente que eu vou te dar!"
Eu pensei: "o que??!!" Acho que estou cansada demais da viagem!
Os dias se passaram e cada vez que eu o encontrava pela casa aquela mesma voz falava a mesma coisa e eu quase que saía correndo assustada, pois não queria relacionamento nenhum naquela época. Ainda mais alguém de tão longe da minha cidade, pois meu plano era voltar para casa ao final dos 5 meses.
Com o passar dos dias eu fazia joguinhos com Deus (o que não aconselho fazer, pois é muito estúpido fazer isso com Deus) como por exemplo, se o Tijs fizer tal coisa, eu vou entender que a voz que eu ouço é verdadeira. E não é que tudo que eu fazia só servia para confirmar que a voz que eu ouvira desde o primeiro dia era mesmo a voz de Deus.
No começo do treinamento, Tijs estava apenas traduzindo, pois a base da JOCUM em BH é bilingue, por que tem muitos estrangeiros lá e tudo é feito em inglês e português. Mas após uns 20 dias traduzindo, ele foi convidado para fazer o treinamento. Ele também estava em uma fase decisiva da sua vida. Não sabia se começava faculdade, voltava para a Holanda... e então ele orou e disse para Deus fazer a vontade Dele, pois Tijs já estava cansado de tentar fazer as coisas acontecerem por ele mesmo. Então Deus falou para ele fazer a ETED, e ele começou. Apartir daí começamos a nos conhecer e em pouco tempo já estávamos apaixonados. O problema é que nós gostaríamos de passar o tempo todo conversando e se conhecendo, o que NÃO é o propósito da ETED. Passamos esses 5 meses de ETED nos conhecendo melhor e a cada dia Deus confirmava para nós que deveríamos ficar juntos. E é claro, ficávamos cada dia mais apaixonados.
No dia da formatura da ETED, dia 18 de novembro de 2006, eu comecei o dia ganhando presentes. Logo de manhã, eu fui ao banheiro e quando voltei havia uma linda rosa na minha cama. Na hora do almoço, tinha uma caixa de bombom. No meio da tarde, mais uma flor. No final da tarde, havia em cima da minha cama uma bolsa linda que eu tinha visto quando estávamos em Lima no Peru, onde fizemos parte do nosso tempo prático, e eu não pude comprar pois não tinha dinheiro.
Fomos para o culto de formatura e eu só pensava em como seria minha nova vida depois disso. Durante o tempo prático no Peru, Deus hava confirmado meu chamado para missões e eu tinha decidido ficar em BH, na casa Luzeiro e trabalhar com crianças. E é claro que também não parava de pensar como seria a nova vida: Kelly e Tijs.
O culto acabou, mais uma vez despedidas com lágrimas para a Kelly. Naquele dia me despedia da Flávia, Fabiano, Radjalma, Jenny, Johanna, Cristiane, Pauline.
Ao final, quando quase todo mundo havia saído, Tijs se aproximou de mim, se ajoelhou, e me fez a pergunta: quer namorar comigo? É claro que eu disse SIM!!! Então começamos a namorar.
Nossa primeira saída juntos foi ao hospital, onde eu tive que passar uma tarde tomando soro, pois voltei muito doente do Peru e desidratada. Digamos que não foi nada romântico...
Durante esse tempo pude conhecer melhor a família do Tijs, que moravam a Luzeiro. Seus pais lideraram o ministério por 8 anos. Todas as noites eu jantava na casa deles.
No mês de maio, decidimos casar. E foi engraçado que na mesma noite que contamos para os pais do Tijs que iríamos ficar noivos, eles deram a notícia que estavam voltando para a Holanda. Junto com a  notícia teria que vir a decisão. Ficaríamos no Brasil  e decidiríamos ser missionários de carreira, ou iríamos embora para a Holanda junto com toda a família?
Naquela mesma noite decidimos ficar e entendemos que tínhamos um chamado missionário para o Brasil.
Então no dia 10 de novembro de 2007 nos casamos na cidade de Imbituva, na igreja quadrangular.
O que foi muito engraçado é que o nome Tijs não é brasileiro e é difícil para algumas pessoas pronunciarem. Então de manhã no casamento civil eu casei com o Tijos, a tarde na igreja com o Tison e acabei levando o Tijs para casa!!
Em menos de 1 mês toda a família do Tijs se mudou para a Holanda deposi de 10 anos no Brasil. Nós fomos junto com eles e eu pude conhecer a Holanda e toda a família do Tijs. Uma experiência bem emocionante.
Voltamos para o Brasil no dia 9 de fevereiro de 2008 e começamos nossa vida numa pequea casinha que quando chovia entrava água por todos os lados.
Desde então temos crescido como esposo e esposa, como missionários e como filhos de Deus.
E a vida cheia de aventuras que eu pedi a Deus, com toda a certeza Ele me deu. Mas melhor do que eu imaginava, pois quando eu pedi isso a Deus, sempre me imaginei sozinha, mas Deus me deu o melhor dos presentes: o meu marido, meu amor, meu amigo, meu companheiro, o meu Tijs. E hoje após 3 anos juntos só tenho a agradecer por tudo que temos e somos um para o outro.
Obrigada Deus por esses 3 anos de casamento!



12 reações:

Jaqueline Figueiredo Lopes disse...

Olá Kelly!!!
saudades...
Feliz aniversário de casamento!!!
Sinto-me privilegiada por conhecer um casal tão surpreendente como vocês.
Creio que vocês irão muito mais além.
Abração
Jaque

Elianderson disse...

Um homem que vale por três:Tijos, Tison e Tijs!

Luciana Ribeiro disse...

Uau... História de amor campeã!! Sou fã... dos dois... Casal que é inspiração pra mim... E olha, essa declaração não é rasgação de seda não... Depois de conviver três meses sendo liderado por você... Isso é o mínimo que eu posso dizer!!

Gleici disse...

Oie! Eu vi seu blog hoje pela primeira vez. Voçê escreve muito bem!Eu até chorei lendo a história de vocês...hehe Parabéns atrasado!

Fabiana disse...

Que lindo Kelly! Uau, Deus é demais né? Ele nos surpreende tanto!!!
Parabéns pelo aniversário de casamento e que vcs possam viver muitas e muitas aventuras...
Cheias de romance, é claro!...rs...
Bj
Fabi

lucosta15 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana Costalonga disse...

Oi Kelly.
3 anos já?!?
Parece que foi esses dias!! o.0
Parabéns!!
Que Deus continue abençoando muuuito vocês!!
Muito Lindo o Trabalho de vocês!!
Sempre dou uma espiadinha aqui!! hehehe
Amo as suas fotos!! *-* hehehe
Deus abençoe!
Beijos
Luciana Costalonga

leonarda disse...

Nossa entrei nesse blog por acaso e acabei lendo a história de vcs e não puder conter minha lagrimas..linda história..que Deus continue abençoando a vida de vcs.

Tijs e Kelly van den Brink disse...

Gente, valeu pelos comentários!
E seja bem vinda ao nosso blog Leonarda!!!

Dionízio Neto disse...

Como é bom ver a firmezade vocês nos própositos de Deus para suas vidas e as vidas da comunidade =)

Continuem no alvo!!!

abração pra os dois =D

Jéssica Elisa Kock disse...

Que lindo!! Adorei a história!!
Me identifiquei muito pois eu também pedi uma aventura pra Deus e foi aí que Ele me apresentou a ETED :)
Deus é fiel!!
Amei a história de vocês dois também!

Jéssica Elisa Kock disse...
Este comentário foi removido pelo autor.